sábado, outubro 04, 2008

Ontem, hoje, amanhã...


Não se crê naquilo que se vê.
Não se vê aquilo que se crê.

11 comentários:

Aline Sprite disse...

é verdade, falou tudo, falando pouco... (:

Fecer disse...

Pois é, e hoje os rótulos são diversos e bem coloridos! (Metáforas de novo haha)
Gostei do modo como parte de imagens para palavras... Não tenho essa facilidade!

Jana disse...

é daquelas coisas que não se entendem...

beijos

Thiago disse...

O que nos esta então? Não crê e não vê?

Tão difícil isso!
Um abraço Xará!

Patrícia disse...

Realmente é pra se pensar...
Beijos

Anne Elise disse...

Oi, Thiago...

Bem bacana seu blog...

Vc deixou um comentário em meu blog...mas, como por aqui não tem sua foto, não consegui reconhece-lo...

De onde nos conhecemos???...

Mande notícias...

Beijo grande...

Priscila Dal Bosco disse...

É, nos rendemos a esta mania coletiva, afinal é muito difícil hoje alguém que não banalize.
Mas é claro que sempre que possível, às vezes que impossível, desejamos tudo e até um pouco mais que banalidades, concorda?

Ana D disse...

Vc conseguiu sintetizar em imagens um pensamento bastante complexo e pertubador..rs..Parei pra pensar...Beijos krido :)

Pitango disse...

Passando pra conhecer o blog!

Abço
Pitango
http://www.lenfantdeboheme.blogspot.com/

Thiago disse...

com certeza, seguir sempre sorrindo, a caminhada se torna mais leve!

Vic disse...

Bom post! Eu adorei o post e seu blog tudo, já tenho novo blog de referência.
Posso tomar sua idéia para escrever alguma coisa?