quarta-feira, outubro 18, 2006

Declaração Universal De Comprometimento Amoroso.

Se tiver fome, serei pão
Se quiser circo, serei diversão
Se ficar em casa, serei televisão
Se comer arroz, serei feijão
Se tiver frio, serei verão
Se te faltar fé, serei Alcorão
Se for `a caça, serei cão
Se for cantar, serei violão
Se o quarto é novo, serei decoração
Se longe for, serei avião
Se não tiver pra onde ir, serei direção
Se perdida na cidade, serei informação
Se a rima não sair, serei inspiração
Se o sexo for solitário, serei masturbação
Se se sentir sozinha, serei multidão
Se quiser colorir o céu, serei balão
Se vier a tropeçar, serei o chão
Se quiser um sono tranqüilo, serei colchão
Se abrir um livro, serei introdução
Se bater a timidez, serei discrição
Se o segredo não for contado, serei imaginação
Se cercar sua casa, serei portão
Se ficar insatisfeita, serei reclamação
Se quiser fugir, serei emigração
Se não souber fazer, serei demonstração
Se tiver doente, serei injeção
Se ainda não existir, serei invenção
Se te faltar a ordem, serei confusão
Se te faltar paciência, serei agitação
Se quiser carona, serei condução
Se o gozo for orgasmo, serei satisfação
Se a luz acabar, serei iluminação
Se for pra decidir, serei opção
Se só tiver problemas, serei solução
Se a duvida surgir, serei interrogação
Se quiser diploma, serei graduação
Se o arrepio for na espinha, serei tesão
Se o momento for difícil, serei razão
Se quiser ganhar mais, serei promoção
Se o discurso for bom, serei aclamação
Se não sabe quem é, serei revelação
Mas nunca serei solidão
Nunca serei decepção
Do seu lado serei todo coração
Serei todo paixão....

6 comentários:

Ana D disse...

Ai, ai, ai quem dera ser eu a musa pra essa "declaração universal" rsrsrs....Não resisti ao titulo ta ?? beijos namorado :)

Polly disse...

Se tiver postando, poderia me dizer, né?

:(

Ana D disse...

Não desanima não vai, ADOUROOOOOOOOOO vir aqui te ler assim, de surpresa, sem saber se voce postou rsrsrsrs....posta ta ??? beijos amorosos :)

Ana D disse...

Não perca sua paixão em escrever e compartilhe com todos...rs..beijo Ana D

Diego Melo disse...

O texto é angustiante e bem escrito;
Mas a idéia por traz disso me desagrada totalmente. Não quero que alguém esteja comigo TODO o tempo de TODAS as formas, e essa depedência do outro é uma escravidão medonha que alguns acham ser a essência do Amor. Pra mim amor é alge da liberdade não a morada mais íntima da necessidade do outro 24/7. Me sinto sufocado só de ler esse texto.

Anônimo disse...

Se houver 1 só, serei o 2



Bjs
Ana